Carregando...
Midiacon News
www.MIDIACON.com.br
Busque por Notícias
Midiacon - Sua mídia conectada
Domingo
17 de dezembro de 2017
12 de junho de 2017 - 12:24 Alckmin diz que PSDB deve apoiar reformas e que ter ministros no governo é "secundário"
Alckmin diz que PSDB deve apoiar reformas e que ter ministros no governo é "secundário"

Portal G1 Clique para ampliar a imagem

Publicidade

Partido se reúne nesta segunda para definir se continua ou não na base de apoio do governo federal.

O Governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), afirmou nesta segunda-feira (12) que tem importância secundária a participação do partido nos ministério do governo Michel Temer (PMDB). A afirmação foi dada horas antes da reunião nacional do PSDB que vai definir se o partido permanece ou não na base de apoio do governo federal.

O possível desembarque é defendido por alas do partido desde a divulgação de áudios de conversas com o presidente Temer feitos pelo dono da JBS, Joesley Batista. O partido decidiu divulgar sua posição apenas após o julgamento do Tribunal Superior Eleitoral, que absolveu na semana passada a chapa formada por Dilma Rousseff (PT) e Temer nas eleições de 2014. Antes do julgamento, o tucano já havia dito que não era importante ter ministro no governo.

"A questão se vai ter ministro ou não é secundária. O importante é o compromisso com as reformas. É essa a agenda com a qual nós temos compromisso", afirmou Alckmin em evento no Trecho Norte do Rodoanel, em São Paulo.

Ele se referiu à reforma trabalhista, que segundo ele vai diminuir a informalidade, e a reforma da previdência.

O governador destacou que não há compromisso dos tucanos Temer, mas sim com as reformas que seriam importantes para a economia, segundo ele. "Temos compromisso com esta agenda. Não com o governo".

Ele disse ainda que não comentaria sua pessoal sobre a saída ou permanência no governo, e que apenas a externaria na reunião partidária.

Atualmente o PSDB tem três ministros na gestão Temer. São eles Aloísios Nunes (Relações Exteriores), Bruno Araújo (Cidades) e Antonio Imbassahy (Secretaria de Governo).



Fonte: Portal G1
© Copyright 2006 - Midiacon - Todos os direitos reservados
info@midiacon.com.br - Tel.: +55 11 3796 2965
Desenvolvimento mastermedia