Carregando...
Midiacon News
www.MIDIACON.com.br
Busque por Notícias
Midiacon - Sua mídia conectada
Domingo
22 de abril de 2018
9 de janeiro de 2018 - 12:45 Governo não vai recuar na indicação de Cristiane Brasil, mas assessores avaliam que ideal seria PTB sugerir outro nome
Governo não vai recuar na indicação de Cristiane Brasil, mas assessores avaliam que ideal seria PTB sugerir outro nome

Portal G1 Clique para ampliar a imagem

Publicidade

O governo Michel Temer não vai recuar na indicação da deputada Cristiane Brasil (PTB-RJ) para o Ministério do Trabalho, mas interlocutores do presidente avaliam que o ideal seria o comando petebista indicar outro nome, para evitar maiores desgastes tanto para a parlamentar como para o Palácio do Planalto.

Esses interlocutores de Temer alegam que não há espaço para a decisão partir do Palácio do Planalto, pelas circunstâncias envolvendo a escolha do nome da filha do presidente do PTB, Roberto Jefferson, para ocupar o Ministério do Trabalho. A sugestão da indicação da deputada partiu do próprio Temer, durante conversa com Jefferson, que de pronto considerou uma boa solução depois que o deputado Pedro Fernandes (PTB-MA) foi vetado pelo ex-presidente José Sarney.

Diante dessa situação, a melhor saída, na visão desses interlocutores do preidente, seria o próprio PTB mudar o nome. Uma decisão vinda do Palácio do Planalto geraria mais desgaste para o governo na sua relação com o PTB, que já não havia ficado satisfeito com o veto a Pedro Fernandes, considerado um nome que unia a bancada de deputados da legenda.

Hoje, assessores do presidente admitem que foi um erro definir Cristiane Brasil como a nova ministra do Trabalho sem antes fazer uma pesquisa, como é prática comum em casos de indicação de assessores e ministros, sobre o seu nome. Ao encontrar na pesquisa, por exemplo, que a deputada foi processada por não assinar a carteira de trabalho de dois motoristas, o governo poderia alertar o partido para o risco de desgaste na nomeação e sugerir outra escolha.

Agora, o Palácio do Planalto espera que a Advocacia-Geral da União (AGU) tenha sucesso na sua tentativa de derrubar a liminar concedida por um juiz do Rio, que suspendeu a posse de Cristiane Brasil.



Fonte: Portal G1
© Copyright 2006 - Midiacon - Todos os direitos reservados
info@midiacon.com.br - Tel.: +55 11 3796 2965
Desenvolvimento mastermedia