Carregando...
Midiacon News
www.MIDIACON.com.br
Busque por Notícias
Midiacon - Sua mídia conectada
Quinta-feira
21 de setembro de 2017
15 de fevereiro de 2017 - 11:46 Temer diz que conversou por mais de 1h com Velloso, cotado para a Justiça
Temer diz que conversou por mais de 1h com Velloso, cotado para a Justiça

Foto divulgação Clique para ampliar a imagem

Publicidade

Presidente afirmou no Twitter que ex-ministro do STF é seu amigo há mais de 35 anos; Temer voltou a ressaltar que fará uma escolha pessoal para o Ministério da Justiça.

esidente Michel Temer escreveu em sua conta no Twitter que conversou por mais de uma hora nesta terça-feira (14) com o ex-ministro do Supremo Tribunal Federal Carlos Velloso, um dos nomes cotados para assumir o Ministério da Justiça. Segundo Temer, ele e Velloso são amigos há mais de 35 anos e a conversa foi marcada diretamente pelos dois.

A vaga de ministro da Justiça está aberta desde que Temer indicou Alexandre de Moraes, o então ministro, para o Supremo Tribunal Federal. O presidente pretende anunciar o novo ministro nos próximos dias e o nome de Velloso vem ganhando força.

"Estive com Carlos Velloso ontem. Conversamos privadamente por mais de 1h. Meu amigo há mais de 35 anos. Marcamos esse encontro diretamente", escreveu o presidente.

Temer disse ainda que vai continuar a conversar com Velloso nos próximos dias e ressaltou, como tem feito recentemente, que a escolha para a Justiça será pessoal e "sem conotações partidárias".

"Continuaremos a conversar nos próximos dias. A escolha do novo ministro da Justiça será minha, pessoal, sem conotações partidárias", afirmou Temer.

Atualmente, o Ministério da Justiça tem sido comandado pelo ministro interino, José Levi, que na gestão de Moraes era secretário-executivo da pasta.
A vaga no Ministério da Justiça abriu uma disputa entre PMDB, o partido de Temer, e o PSDB, partido ao qual era filiado Moraes, que se desligou da sigla para poder ocupar uma cadeira no STF.

Temer vem analisando nomes desde o início do mês. O desafio é encontrar alguém com capacidade técnica, que seja aceito pela base aliada no Congresso e que não esteja citado ou envolvido na Operação Lava Jato, já que a pasta é responsável pela Polícia Federal.



Fonte: Portal G1
© Copyright 2006 - Midiacon - Todos os direitos reservados
info@midiacon.com.br - Tel.: +55 11 3796 2965
Desenvolvimento mastermedia