Carregando...
Midiacon News
www.MIDIACON.com.br
Busque por Notícias
Midiacon - Sua mídia conectada
Sábado
23 de junho de 2018
5 de junho de 2018 - 15:32 ANS decreta liquidação extrajudicial da Multi Saúde
ANS decreta liquidação extrajudicial da Multi Saúde

Foto divulgação Clique para ampliar a imagem

Publicidade

Resolução da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), publicada hoje (5) no Diário Oficial da União, estabelece a liquidação extrajudicial da Multi Saúde Administradora de Planos de Saúde e Odontológico Ltda. O decreto, segundo a ANS, foi publicado porque a empresa comercializava planos de saúde sem o devido registro perante a agência.

Por meio de nota, a ANS informou que a liquidação extrajudicial será processada por liquidante nomeado por portaria específica, com amplos poderes de administração e liquidação, acarretando a perda do mandato dos administradores e membros do conselho fiscal e de quaisquer outros órgãos criados pelo estatuto da empresa (operadora).

"A ANS frisa que, antes de contratar um plano de saúde, o consumidor deve solicitar o número de registro da operadora e do plano", reforçou o comunicado. No site da agência, na aba informações e avaliações de operadoras, é possível conferir dados, conhecer o desempenho no programa de qualificação e a posição no ranking de empresas de planos de saúde que mais recebem reclamações.

Para o esclarecimento de dúvidas ou resolução de problemas junto à operadora de planos de saúde, a orientação da ANS é que os beneficiários utilizem os seguintes canais de atendimento: 0800 701 9656; Central de Atendimento ao Consumidor no portal da agência; ou pessoalmente em um dos 12 núcleos localizados em diferentes cidades do Brasil.

Planos suspensos
Esta semana, a ANS determinou a suspensão temporária da comercialização de 31 planos de saúde de 12 operadoras em função de reclamações decorrentes da cobertura assistencial. A medida começa a valer na próxima sexta-feira (8).

Segundo a entidade, a suspensão deve impactar diretamente cerca de 115,9 mil beneficiários, que continuam a ter assistência regular a que têm direito. Já as operadoras suspensas só poderão voltar a vender esses planos para novos contratantes se comprovarem melhoria no atendimento.

No trimestre compreendido entre janeiro e março de 2018, a ANS recebeu 15.655 reclamações de natureza assistencial através de seus canais de atendimento. Dessas, 13.999 foram consideradas para análise pelo Programa de Monitoramento.



Fonte: Agência Brasil
© Copyright 2006 - Midiacon - Todos os direitos reservados
info@midiacon.com.br - Tel.: +55 11 3796 2965
Desenvolvimento mastermedia