Carregando...
Midiacon News
www.MIDIACON.com.br
Busque por Notícias
Midiacon - Sua mídia conectada
Sábado
23 de março de 2019
17 de dezembro de 2018 - 11:32 Nasa divulga imagens inéditas do 46P/Wirtanen, o "cometa do Natal"
Nasa divulga imagens inéditas do 46P/Wirtanen, o "cometa do Natal"

Reprodução/Portal G1 Clique para ampliar a imagem

Publicidade

Neste domingo (16), ele passou a uma distância de pouco mais de 11 milhões de quilômetros da Terra, o que dá trinta vezes a distância para a Lua.

A Agência Espacial Americana, Nasa, divulgou fotos do 46P/Wirtanen, conhecido como 'Cometa de Natal'. Neste domingo (16), ele passou a uma distância de pouco mais de 11 milhões de quilômetros da Terra, o que dá trinta vezes a distância para a Lua.

O 46P completa sua órbita a cada 5 anos e meio e, na maioria da vezes, passa muito longe da Terra para ficar visível a nós. Desta vez, foi tão perto que deu para ver a olho nu: foi a décima maior aproximação de um cometa da Terra em toda a era moderna e o mais brilhante em 20 anos.

"Este pode ser um dos mais brilhantes cometas em anos, oferecendo aos astrônomos uma oportunidade importante de estudar um cometa de perto cm telescópios terrestres, tanto ópticos quanto de radar", disse Paul Chodas, gerente do Centro de Estudos de Objetos da Terra no Laboratório de Propulsão a Jato da Nasa em Pasadena, Califórnia.
O "cometa do Natal" é verde. A cor é recorrente em cometas, como Lovejoy e Machhol, e se deve a sua coma - a nuvem brilhante de gás e poeira que o envolve. Ela tem cianogênio e carbono diatômico, que brilham na cor verde quando são ionizadas pela luz do sol.


O "cometa de Natal" também é "hiperativo". Especialistas afirma que esses parecem "emitir mais água do que deveriam devido ao tamanho do seu núcleo", explica a Universidade de Maryland.

O 46P/Wirtanen foi descoberto em 1948 pelo astrônomo Carl Wirtanen. Com uma largura de 1,1 quilômetro, o 46P / Wirtanen tem uma órbita considerada rápida para um cometa - ele completa um ciclo a cada 5,4 anos. Em comparação, os cometas de período longo completam uma órbita em 200 anos ou mais.




Fonte:
Portal G1
© Copyright 2006 - Midiacon - Todos os direitos reservados
info@midiacon.com.br - Tel.: +55 11 3796 2965
Desenvolvimento mastermedia