Carregando...
Midiacon News
www.MIDIACON.com.br
Busque por Notícias
Midiacon - Sua mídia conectada
Domingo
24 de setembro de 2017
5 de março de 2017 - 10:38 Novo Honda X-ADV quer ser SUV de duas rodas
Novo Honda X-ADV quer ser SUV de duas rodas

UOL carro Clique para ampliar a imagem

Publicidade

Scooter aventureiro traz facilidades como câmbio automático de dupla embreagem

Criado para ser um veículo barato e fácil de pilotar na Europa do pós-Segunda Guerra, o scooter evoluiu para o maxi-scooter, com motores mais potentes e conforto para viajar, e agora virou um SUV... Essa é a proposta da Honda ao criar o X-ADV, misto de moto urbana com modelos aventureiros, feito para rodar em qualquer tipo de terreno, inclusive em estradas de terra.

É um malabarismo ao estilo do que a própria Honda está fazendo com o WR-V entre os carros.

Apresentado no Salão de Milão 2016, o X-ADV oferece postura ereta como nas motos trail, ciclística robusta com suspensões de longo curso e pneus de uso misto, porém com a facilidade de pilotagem dos scooters. Afinal, seu motor de dois cilindros de 55 cavalos tem câmbio DCT, com dupla embreagem.

Será lançado primeiramente na Itália, que deverá ser seu principal mercado, por 11.490 euros, cerca de R$ 38.000 na conversão direta. Embora circular em nossas malcuidadas ruas e avenidas seja equivalente a se aventurar em um estrada de terra, ainda não há intenção da Honda trazer seu scooter-SUV para o Brasil.

Motor e câmbio
O motor escolhido para esse revolucionário scooter aventureiro foi o bicilíndrico de 745 cm³, com refrigeração líquida e alimentado por injeção eletrônica. Consagrado na linha NC 750, o propulsor gera 55 cv de potência máxima (a 6.250 rpm) e 6,9 kgfm de torque máximo a 6.750 rpm.

Como a ideia era fazer do X-ADV um veículo fácil de pilotar, a Honda adotou o câmbio automatizado de dupla embreagem que já equipa outras motos da marca no exterior. Oferece dois modos automáticos e um modo manual, no qual a troca de marchas é feita por meio de botões no punho.

Um novo quadro em tubos de aço oferece 21 litros de capacidade sob o banco -- comporta um capacete integral -- e ainda tem uma tomada 12V. Com 2,24 m de comprimento e 910 mm de altura, o X-ADV pesa 238 kg em ordem de marcha. Mas o que chama atenção mesmo são os 162 mm de distância livre do solo, que permitem encarar obstáculos. Só para comparar, a moto aventureira CB 500 X tem 170 mm de altura do solo.

As suspensões de longo curso e múltiplos ajustes completam o pacote aventureiro -- na dianteira, garfo telescópico invertido com 153,5 mm de curso; na traseira, um monoamortecedor com 150 mm de curso. As rodas raiadas (17 polegadas na frente, 15 polegadas atrás) são calçadas com pneus de uso misto.

Para frenagens mais seguras, o X-ADV traz freios a discos (duplo, 296 mm de diâmetro na dianteira, como nas motos superesportivas; simples de 240 mm na traseira) e sistema ABS.

O scooter traz para-brisa com cinco regulagens de altura, guidão em alumínio, protetores de mão e painel digital.



Fonte: UOL motos
© Copyright 2006 - Midiacon - Todos os direitos reservados
info@midiacon.com.br - Tel.: +55 11 3796 2965
Desenvolvimento mastermedia