Carregando...
Midiacon News
www.MIDIACON.com.br
Busque por Notícias
Midiacon - Sua mídia conectada
Quinta-feira
20 de setembro de 2018
14 de agosto de 2018 - 9:20 Carro atinge barreira em frente ao Parlamento britânico e deixa feridos
Carro atinge barreira em frente ao Parlamento britânico e deixa feridos

Portal G1 Clique para ampliar a imagem

Publicidade

Motorista do veículo foi detido por suspeita de ataque terrorista na manhã desta terça. Polícia antiterrorista investiga o incidente.

Duas pessoas ficaram feridas nesta terça-feira (14) depois que um carro atingiu ciclistas e pedestres e depois se chocou contra as barreiras de segurança na frente do Parlamento britânico, em Londres. A Polícia Metropolitana informou que o motorista do veículo, de mais de 20 anos, foi detido por suspeita de ataque terrorista.

Testemunhas disseram que o motorista jogou de propósito o carro contra os pedestres, antes de colidir contra a barreira de segurança. O incidente ocorreu às 7h40 do horário local (3h40, pelo horário de Brasília).

O incidente está sendo tratado como um ataque terrorista, mas ainda não foi confirmado como tal. Neil Basu, chefe da unidade antiterrorista da Scotland Yard, que lidera as investigações, afirmou que o homem detido não era conhecido dos serviços de segurança.

De acordo com a BBC, os dois feridos são ciclistas. As vítimas não tiveram ferimentos graves, mas precisaram ser internadas.

As ruas perto da Praça do Parlamento de Westminster foram fechadas para o tráfego após o incidente que aconteceu às por volta de 7h30 (no horário local). A estação de metrô Westminster foi fechada.

Segundo a imprensa local, dez carros da polícia e três ambulâncias foram à região do Parlamento.

O motorista, que não teve a identidade divulgada, está sendo interrogado em uma delegacia no sul de Londres. A polícia informou que ele estava sozinho no carro, que permanece no local do incidente. Não foi encontrada nenhuma arma dentro do veículo.

A primeira-ministra Theresa May se manifestou logo depois do atropelamento. "Meus pensamentos estão com os feridos no incidente em Westminster e meus agradecimentos vão aos serviços de emergência por sua resposta imediata e corajosa", disse May no Twitter.

O presidente americano Donald Trump afirmou que foi um "ataque terrorista", apesar de a polícia de Londres ainda não confirmar.

"Outro ataque terrorista em Londres... Esses animais são loucos e devem ser tratados com dureza e força", disse em tuíte.

Atentados
O Reino Unido foi atingido em 2017 por uma onda de atentados terroristas. Quatro deles foram reivindicados pelo grupo Estado Islâmico, que deixou no total 36 mortos e 200 feridos.

Em março de 2017, a região do Parlamento Britânico foi alvo de um deles. Um carro atropelou pedestres na Ponte de Westminster. Depois, armado com uma faca, o agressor matou um policial. Quatro pessoas morreram no ataque - incluindo o agressor - e 40 ficaram feridas.



Fonte: Portal G1
© Copyright 2006 - Midiacon - Todos os direitos reservados
info@midiacon.com.br - Tel.: +55 11 3796 2965
Desenvolvimento mastermedia