Carregando...
Midiacon News
www.MIDIACON.com.br
Busque por Notícias
Midiacon - Sua mídia conectada
Quarta-feira
23 de outubro de 2019
24 de agosto de 2014 - 10:13 Pit bull que mobilizou web após ser golpeada por machado se recupera
Pit bull que mobilizou web após ser golpeada por machado se recupera

Reprodução/Portal G1 Clique para ampliar a imagem

Publicidade

Cadela operou a mandíbula e ficou entre a vida e a morte no litoral de SP.
Novo dono acompanhou tratamento até que cadela pudesse ser adotada.


Seis meses após ter sido agredida a machadas pelo antigo dono e encontrada praticamente morta em um cemitério de Santos, no litoral de São Paulo, a cadela Vida já esbanja vitalidade. Além de ganhar um novo lar ainda no final de março, a pit bull conseguiu se recuperar da desnutrição em que foi encontrada e, graças aos cuidados da nova família, chegou ao peso ideal e hoje está com 26 kg e saudável. A história mobilizou a web e inspirou um vídeo produzido pela prefeitura.

Resgatada em fevereiro deste ano por uma equipe da Coordenadoria de Proteção à Vida Animal de Santos (Codevida), órgão que pertence à prefeitura, a cadela pesava cerca de 12 kg e estava toda machucada. Mesmo com poucas chances de sobreviver, a pit bull despertou a comoção de um empresário do ramo de pet shop. Carlos Leonardo, também conhecido como Leo, ficou comovido ao assistir uma reportagem sobre os maus tratos sofridos pelo animal e ofereceu ajuda.

Segundo ele, Vida não poderia ter encontrado um lar melhor para continuar sua recuperação. "Quando eu vi a reportagem sobre ela na TV, percebi que era um sofrimento muito grande e tentei me aproximar de alguma maneira. Minha esposa é veterinária e eu tenho um pet shop, sabia que minha família poderia dar o suporte necessário que ela iria precisar", garante o empresário.

Leo acompanhou os primeiros atendimentos. Tudo foi testemunhado de perto pela coordenadora da Codevida, Leila Abreu, e sua equipe. Ela contou que, por diversas vezes, o empresário foi até a unidade observar os trabalhos e, mesmo antes da adoção, demonstrou grande carinho pelo animal. "Ele ficava sentado ao lado da cadela. Nós sentimos segurança pela postura dele, que acompanhou e não se importou com as limitações de Vida", destaca.

Recomeço
Após receber os primeiros socorros, a cadela precisava operar, mas surgiu um impasse que preocupava os veterinários. O coração da pit bull batida 200 vezes por minuto, sendo que o normal seria em torno de 80, e ela poderia não resistir ao processo cirúrgico. A equipe médica constatou que a aceleração cardíaca acontecia por conta das fortes dores que ela sentia na mandíbula.

Leila lembra ainda que a recuperação da cachorra foi difícil, ficando, inclusive, entre a vida e a morte. "Além da cirurgia de maxilar, ela estava com problema cardíaco e muito magra, tinha apenas 12 Kg, quando deveria pesar pelo menos o dobro", explica a coordenadora.

Na época, o médico veterinário Gustavo Palmieri, que participa de trabalhos voluntários, se comprometeu a realizar a cirurgia na mandíbula de Vida gratuitamente. Depois da operação, a pit bull precisou de uma alimentação mais pastosa, diferenciada, já que tinha dificuldade para comer alimentos duros, por conta do grande trauma que sofreu quando foi atingida na boca. Com acompanhamento especializado e muito carinho do futuro dono, o quadro de saúde da cadela foi evoluindo gradativamente.

Nova família
Passados quase cinco meses com a nova família, Vida é a pit bull mais paparicada da casa, já que o empresário cuida de outros quatro cachorros da mesma raça. "Ela completou a nossa vida. Todo mundo ficou feliz", diz Leo.

A superação de Vida, mesmo após tanto sofrimento, foi tema de um vídeo produzido pela Prefeitura de Santos para alertar sobre maus tratos e abandono de animais. "Ainda tem muito cachorro na rua, as pessoas abandonam porque é muito fácil pegar outro. Por meio do controle populacional de animais, casos como o de Vida não existiriam", conclui a coordenadora da Codevida.

Assista ao vídeo no Portal G1



Fonte: Portal G1
© Copyright 2006 - Midiacon - Todos os direitos reservados
info@midiacon.com.br - Tel.: +55 11 3796 2965
Desenvolvimento mastermedia