Carregando...
Midiacon News
www.MIDIACON.com.br
Busque por Notícias
Midiacon - Sua mídia conectada
Terça-feira
27 de junho de 2017
12 de junho de 2017 - 10:13 Analistas ouvidos pelo Banco Central reduzem previsão do PIB para 2017
Analistas ouvidos pelo Banco Central reduzem previsão do PIB para 2017

Foto divulgação Clique para ampliar a imagem

Publicidade

Dados divulgados pelo Boletim Focus estimam que o PIB vai crescer 0,41% em 2017 e que a inflação ficará em 3,71%.

analistas de mercado financeiro ouvidos pelo Banco Central reduziram a previsão de crescimento da economia para 2017, de 0,5% para 0,41%.
Segundo dados divulgados nesta segunda-feira (12) no boletim de mercado do Banco Central, também conhecido como Boletim Focus, com a revisão do PIB para baixo, os analistas também reduziram a previsão de inflação para 2017 de 3,90% para 3,71%.

Na semana passada, três semanas após o estouro do escândalo da JBS, projeçoes de dois bancos já viam redução no PIB. O Itaú Unibanco revisou de 1% para 0,3% a sua previsão para o crescimento da economia este ano. Já o Bradesco revisou de uma alta de 0,3% para 0%.

Para 2018, os analistas ouvidos pelo Banco Central na última sexta-feira (9), estimam que o PIB vai crescer 2,3%. Na semana passada eles esperavam um crescimento de 2,4%. Já a estimativa de inflação caiu de 4,4% para 4,37%.

Jurosbr /> Pela nona semana seguida, os analistas de mercado ouvidos pelo BC mantiveram a previsão de que a taxa básica de juros, a Selic, chegará no final do ano em 8,5%.

Os analistas também mantiveram estável a previsão da taxa de câmbio do dólar no final de 2017 em R$ 3,30.

Para o fim de 2018, a previsão da Selic dada pelos analistas também se manteve em 8,50%, já para a taxa de câmbio a estimativa é que feche o próximo ano em R$ 3,40.

Balança e investimentos
Os analistas ouvidos pelo Banco Central, esperam que a diferença entre o que o Brasil vender para o exterior e o que ele comprar seja ainda maior. A estimativa para o superávit da balança comercial aumentou de US$ 56,4 bilhões para US$ 57,8 bilhões. Já a previsão para 2018 se manteve em um superávit de US$ 43,06 bilhões.

A previsão de entrada de investimento estrangeiro no país aumentou, depois de cair por duas semanas seguidas, passando de US$ 78 bilhões para US$ 80 bilhões. Para 2018, o mercado também elevou a previsão de entrada de investimentos estrangeiros no país de US$ 78,75 bilhões para US$ 80 bilhões.



Fonte: Portal G1
© Copyright 2006 - Midiacon - Todos os direitos reservados
info@midiacon.com.br - Tel.: +55 11 3796 2965
Desenvolvimento mastermedia