Carregando...
Midiacon News
www.MIDIACON.com.br
Busque por Notícias
Midiacon - Sua mídia conectada
Domingo
18 de novembro de 2018
6 de novembro de 2018 - 14:35 Lucro líquido da BR Disribuidora cresce 173% no terceiro trimestre
Lucro líquido da BR Disribuidora cresce 173% no terceiro trimestre

Foto divulgação Clique para ampliar a imagem

Publicidade

A Petrobras Distribuidora (BR) fechou o terceiro trimestre do ano com um lucro líquido de R$ 1,078 bilhão, um crescimento de 173,6% sobre o mesmo período do ano passado.

Os números mostram também crescimento de 24,2% no Ebtida ajustado (sigla em inglês para lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização), que fechou o período em R$ 631 milhões, em relação segundo trimestre do ano - que ainda apresentou reflexos da greve dos caminhoneiros em maio e da lenta recuperação da economia.

Em seu balanço, a BR enfatizou o fato de que, no terceiro trimestre do ano, foi assinado o acordo extrajudicial com o estado do Mato Grosso para quitação de passivo fiscal de R$ 1,3 bilhão, "o que resultou em um impacto positivo de R$ 645 milhões no lucro líquido".

No mesmo período, a companhia recebeu mais R$ 463 milhões das distribuidoras de energia controladas pela Eletrobras referentes a três parcelas da dívida, quitadas entre julho e setembro.

Lucro acumulado em 2018
Os dados divulgados pela subsidiária da Petrobras para a área de distribuição indicam que o lucro líquido acumulado de janeiro a setembro deste ano foi de R$ 1,588 bilhão, "refletindo o acordo extrajudicial com Mato Grosso e os recebimentos de R$ 765 milhões da dívida das distribuidoras de energia controladas pela Eletrobras com a Companhia".

A estatal admite, no entanto, que "o fraco desempenho econômico do país ao longo dos últimos nove meses, refletido pela baixa performance da indústria e do comércio, tem afetado o crescimento dos segmentos de postos de serviço e principalmente o chamado mercado consumidor".

Segundo a empresa, os fatores levaram o Banco Central a reduzir mais uma vez, no final de setembro, a projeção do Produto Interno Bruto (PIB) de 1,6% para 1,4% em 2018. "Além disso, a greve dos caminhoneiros, que já havia gerado um impacto significativo com a perda de estoque de diesel no montante de R$ 200 milhões no trimestre passado, também afetou o terceiro trimestre deste ano em cerca de R$ 38 milhões", diz a nota.

A avaliação é de que, de janeiro a setembro, o mercado apresentou volume de vendas estável quando comparado com o mesmo período do ano passado. "Na análise das vendas acumuladas por produto, observa-se uma mudança devido a uma maior participação do etanol em detrimento às gasolinas, reduzindo as margens de comercialização".

A Petrobras Distribuidora fez pagamentos, no trimestre, de dividendos de R$ 449 milhões e de juros sobre capital próprio (JCP), no valor de R$ 585 milhões, totalizando um desembolso de caixa no montante de R$ 1,034 bilhão de remuneração aos acionistas.



Fonte: Agência Brasil
© Copyright 2006 - Midiacon - Todos os direitos reservados
info@midiacon.com.br - Tel.: +55 11 3796 2965
Desenvolvimento mastermedia