Carregando...
Midiacon News
www.MIDIACON.com.br
Busque por Notícias
Midiacon - Sua mídia conectada
Sábado
31 de outubro de 2020
19 de setembro de 2020 - 11:44 Corinthians ameaça não entrar em campo. Se o público voltar só no Rio
Corinthians ameaça não entrar em campo. Se o público voltar só no Rio

R7.com Clique para ampliar a imagem

Publicidade

Andrés ficou furioso ao saber que os clubes cariocas terão a liberação, a partir de 4 de outubro. Quer o mesmo em São Paulo. Ou o Corinthians não jogará

"O Corinthians só aceita a volta do público aos estádios se todos os times da Série A tiverem a mesma oportunidade, independente do estado ou cidade.


"Se não forem as mesmas condições pra todos não entraremos em campo."

Postura firme e promessa anunciada no twitter.

No final da noite de ontem, o presidente do Corinthians, Andrés Sanchez, soube que o Flamengo conseguiu outra vitória nos bastidores.


A diretoria do time carioca, que já havia conseguido a Medida Provisória 984, que permite ao mandante transmitir seus jogos, obteve a liberação das autoridades do Rio de Janeiro.

A partir do dia 4 de outubro, o público carioca poderá ir ao estádio.

A liberação é de um terço da capacidade dos estádios.

Andrés ficou irritadíssimo porque isso ainda está distante de acontecer em São Paulo.
O dirigente corintiano vê como um privilégio para os clubes cariocas, passarem a ter o dinheiro da arrecadação.

A cúpula da CBF se manteve calada, passiva, ao saber que o Rio de Janeiro quer libertar público daqui 15 dias.

Daí a revolta de Andrés.

Ele já havia mostrado sua revolta a membros da sua diretoria, que o acompanham há décadas.

Jura que repetirá Vicente Matheus que, em 1979, não colocou o Corinthians em campo para enfrentar a Ponte Preta, em uma partida de fundo em uma rodada dupla, que tinha Palmeiras e Guarani.

O Campeonato Paulista foi paralisado. O Corinthians que havia perdido três pontos, entrou na justiça. O torneio parou por um mês. Quando recomeçou, o Palmeiras de Telê Santana perdeu o embalo. E o Corinthians foi campeão.

Andrés garante.

Ou todos os clubes passarão a ter direito de público ou nenhum.

Se as equipes cariocas conseguirem esta vantagem, o Corinthians para de disputar o Brasileiro.

Enfrentará todas as sanções jurídicas.

Mas não se calará para o que chama de 'injustiça'...




Fonte: R7.com
© Copyright 2006 - Midiacon - Todos os direitos reservados
info@midiacon.com.br - Tel.: +55 11 3796 2965
Desenvolvimento mastermedia