Como saber se a criança está desidratada: 13 sintomas

0 58

Em suma, é essencial que os pais aprendam como saber se a criança está desidratada o quanto antes. Pois, os sintomas da desidratação podem não ser óbvios em crianças pequenas.

Além disso, a desidratação ocorre quando o corpo perde mais fluidos do que ingere.

A causa da perda de líquidos geralmente ocorre por vômitos, diarreia ou suor excessivo, ou simplesmente por não beber o suficiente. 

Como saber se a criança está desidratada?

De modo geral, os sintomas da desidratação em crianças pequenas podem incluir:

  1. Sede;
  2. Boca seca;
  3. Lábios rachados ou secos;
  4. Olhos vermelhos e inchados;
  5. Pele seca e escamosa;
  6. Urina de cor amarela escura;
  7. Menos urina do que o normal;
  8. Dificuldade para se concentrar;
  9. Sonolência;
  10. Tontura;
  11. Fraqueza;
  12. Vômitos;
  13. Diarreia.

Mas, em crianças maiores, os sintomas da desidratação também podem incluir dor de cabeça, calafrios, dor nas articulações e cãibras musculares.

Então, se a criança demonstrar algum destes sintomas, encaminhe-a ao médico ou ao hospital imediatamente.

Pode-se evitar a desidratação bebendo muito líquido, especialmente água. As crianças devem beber pelo menos oito copos de água por dia.

Cuide da sua criança para ela ficar sempre hidratada

Desidratação é uma condição médica em que o corpo perde mais líquido do que ingere.

A desidratação pode ocorrer devido a várias razões, incluindo vômitos, diarréia, suor excessivo, falta de ingestão de líquidos e outros.

A desidratação é particularmente perigosa para as crianças, pois elas são mais suscetíveis aos seus efeitos. Aqui estão algumas dicas sobre como saber se a criança está desidratada.

Portanto, se você decidir comprar um celular para criança, pode instalar um aplicativo que lembra de beber água.

Desenvolvimento

Os sintomas de desidratação em crianças podem incluir sede, boca seca, olhos enevoados, urina escassa ou amarela, pele fria e úmida, fadiga ou letargia, dor de cabeça, tontura ou desmaios.

Se a criança apresentar qualquer um desses sintomas, leve-a ao médico.

O tratamento da desidratação é feito com líquidos intravenosos, mas, se não for tratada, pode levar à insuficiência renal, coma e até à morte.

O que fazer com a criança desidratada?

Se a criança apresentar qualquer um dos sintomas acima, ela deve ser levada ao médico imediatamente.

Como dito anteriormente, a desidratação é uma condição médica grave que pode levar à insuficiência renal, coma e até à morte se não for tratada corretamente.

Cuidar de uma criança pode ser um grande desafio, especialmente quando elas estão doentes.

Estar atento aos sinais de desidratação é importante, pois a criança pode se desidratar rapidamente quando está doente.

Os sintomas de desidratação incluem a sede, a boca seca, a urina escura, a urina diminuída, a apatia, a cardinalidade, a dor de cabeça, a letargia e o vômito.

Assim, se a criança estiver apresentando sintomas de desidratação, é muito importante dar-lhe líquidos para hidratar o corpo.

Água, sucos de frutas naturais, chás e sopas são ótimos líquidos para ajudar a reidratar a criança.

É importante não dar à criança bebidas com cafeína, como refrigerantes ou chá de limão, pois isso pode aumentar a sede. Se a criança não puder beber líquidos por causa do vômito, pode ser necessário usar líquidos intravenosos para hidratá-la.

Em geral, a desidratação é facilmente tratável e a criança pode se recuperar rapidamente se for reidratada adequadamente. No entanto, a desidratação pode ser perigosa se não for tratada, especialmente em crianças pequenas e bebês. Se a criança não puder beber líquidos suficientes ou tiver um vômito prolongado, é importante procurar atendimento médico imediato.

Desidratação é uma condição médica pela qual o corpo perde mais líquido do que ingere e não pode tê-los de volta. A desidratação pode ocorrer em qualquer pessoa, embora seja mais comum em crianças e idosos.

A desidratação leve pode causar sintomas como sede, boca seca, dor de cabeça e cansaço.

Tratamento

O tratamento da desidratação depende da sua severidade. Se a pessoa estiver se sentindo mal, mas não tiver nenhum dos sintomas graves de desidratação, ela pode beber líquidos para se reidratar.

A água é o líquido ideal para a reidratação, mas a pessoa também pode beber sucos ou bebidas isotônicas para ajudar a repor os eletrólitos que perdeu.

No entanto, se a pessoa estiver desidratada o suficiente para ter sintomas graves, ela pode precisar receber líquidos intravenosos em um hospital.

A desidratação grave é uma condição médica séria e deve ser tratada rapidamente para evitar complicações.

Prevenção

Em suma, a melhor maneira de evitar a desidratação se dá através da ingestão de líquidos regularmente, especialmente quando está quente ou se exercitando.

Beber água antes, durante e depois de um treino ou de qualquer atividade ao ar livre também é importante.

Por fim, as pessoas que estão em risco de desidratação, como idosos, crianças e pessoas com doenças crônicas, também devem se manter hidratadas.

Não perca tempo procurando as melhores informações. Assine a nossa newsletter e tenha tudo reunido em um só lugar!
Você merece estar por dentro de tudo o que acontece! Inscreva-se agora e receba as últimas notícias, atualizações e ofertas especiais em primeira mão, diretamente em sua caixa de entrada
Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, assine agora.

Comentários
Carregando...

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar consulte Mais informação