Período de chuvas exige atenção redobrada com fossas!

0 23

Durante o período de chuvas, é importante lembrar que as fossas sépticas precisam de atenção redobrada. Esses sistemas são responsáveis pelo tratamento do esgoto doméstico e seu mau funcionamento pode causar problemas graves, como contaminação do solo e da água subterrânea. Medidas como acionar serviço de limpa fossa podem ser necessárias, mas é preciso focar principalmente na prevenção.

Março é um mês de chuvas em muitas regiões do Brasil, incluindo o Nordeste, onde há previsão de chuvas acima do previsto na maioria da região durante todo o mês, segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). Os órgãos especializados alertam que, dependendo do volume das águas das chuvas, as fossas podem ser prejudicadas, chegando a causar a ruptura das tubulações.

Um exemplo é o que aconteceu no bairro Vivendas do Parque, em Campo Grande (MS), em que a água acumulada no quintal de uma casa encheu a fossa e acabou furando o muro da residência. Esse é um problema que pode ocorrer em qualquer lugar e causar prejuízos financeiros e até mesmo problemas de saúde pública.

Em algumas regiões do país, como em um bairro de Rondonópolis (MT), ainda há áreas sem cobertura total da rede de esgoto, o que torna as fossas uma opção comum para os moradores. No entanto, é preciso ter atenção redobrada durante o período de chuvas para evitar transtornos.

Como ocorre a sobrecarga de fossas

De acordo com a Sabesp, empresa responsável pelo saneamento básico no estado de São Paulo, o período de chuvas pode sobrecarregar as fossas sépticas e os sistemas de tratamento de esgoto, principalmente em regiões onde a infraestrutura é inadequada ou subdimensionada para atender a demanda da população. Quando chove muito, a água penetra no solo, aumenta o lençol freático e pode inundar as fossas sépticas e os sistemas de esgoto.

Com a inundação, o conteúdo da fossa pode vazar para o solo e até mesmo para corpos d’água próximos, causando poluição ambiental e riscos à saúde pública. Além disso, quando há um grande volume de água de chuva, o esgoto pode transbordar das estações de tratamento e chegar aos rios e mares sem tratamento adequado, causando a contaminação da água e prejudicando a vida aquática.

Serviços como o de desentupidora podem ajudar na hora da emergência. Junto a isso, todavia, é importante que os sistemas de tratamento de esgoto sejam dimensionados de forma adequada para suportar as chuvas mais intensas e que a população adote práticas conscientes para reduzir a quantidade de água que escoa para os sistemas de esgoto, como a manutenção das fossas sépticas e a redução do desperdício de água.

Medidas a serem tomadas

A Sabesp destaca a importância de realizar manutenções preventivas nas fossas sépticas, verificando o estado das tubulações, dos filtros e do sistema em geral. A empresa também orienta os usuários a evitar o despejo de substâncias tóxicas na rede de esgoto, pois elas podem causar danos ao meio ambiente e comprometer a eficiência do tratamento.

É fundamental, portanto, seguir as recomendações das empresas especializadas e dos órgãos reguladores para garantir a preservação do meio ambiente e o bom funcionamento das fossas sépticas durante o período de chuvas.

Previsão de chuvas por região

Ao longo de todo verão foram registradas precipitações acima da média em várias regiões do Brasil, segundo o Inmet. O órgão detalha o esperado de chuva durante março e as temperaturas aguardadas. 

Norte

De modo geral, o verão trouxe chuvas acima da média histórica na Região Norte do Brasil, principalmente na área norte, devido à atuação do fenômeno La Niña e do padrão de águas aquecidas junto à costa. A previsão do Inmet é de chuvas até o final de março. No entanto, no sul do Amazonas e do Tocantins e no sudoeste do Pará, pode haver precipitações abaixo da média. 

As temperaturas devem permanecer próximas da climatologia, exceto em algumas partes do Tocantins e do sudeste do Pará, onde estarão ligeiramente acima da média.

Nordeste

Já na Região Nordeste, de acordo com o Inmet, esperam-se chuvas predominantemente acima da média climatológica durante março de 2023. A chance de precipitações tem relação com os impactos da La Niña e o padrão de águas aquecidas próximas à costa nordestina. Áreas da Bahia, Sergipe e Alagoas, contudo, podem ter chuvas ligeiramente abaixo da média. 

As temperaturas devem predominar próxima e acima da média histórica em grande parte da região, exceto no norte do Maranhão, Piauí e Ceará, onde podem um pouco mais baixas, devido a dias consecutivos com chuva.

Centro-Oeste

No Centro-Oeste, a tendência é de chuvas acima da média histórica em quase toda a região, menos no sul do Mato Grosso do Sul, norte do Mato Grosso e oeste de Goiás. As temperaturas devem permanecer próximas e ligeiramente acima da média climatológica.

Sudeste

Para a Região Sudeste, a previsão é de precipitação irregular até março, com acúmulo acima da média no Espírito Santo, região metropolitana de Belo Horizonte e Triângulo Mineiro, além do oeste e leste de São Paulo. Nas outras áreas, está previsto volume de chuva igual ou um pouco abaixo da média. 

As temperaturas devem permanecer próximas e ligeiramente acima da climatologia nos meses seguintes.

Sul

Na Região Sul, a previsão indica maior chance de chuvas próximas e abaixo do esperado em toda a região, devido aos impactos do fenômeno La Niña. As temperaturas devem permanecer próximas da climatologia e ligeiramente acima da média.

Não perca tempo procurando as melhores informações. Assine a nossa newsletter e tenha tudo reunido em um só lugar!
Você merece estar por dentro de tudo o que acontece! Inscreva-se agora e receba as últimas notícias, atualizações e ofertas especiais em primeira mão, diretamente em sua caixa de entrada
Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, assine agora.

Comentários
Carregando...

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar consulte Mais informação