Tenha um sorriso branco e saudável: descubra o tipo de clareamento dental mais eficiente!

0 85

O clareamento dental é um procedimento que tem se tornado cada vez mais popular na busca por um sorriso mais branco e saudável. No entanto, muitas pessoas ainda têm dúvidas sobre qual é o melhor tipo de clareamento dental para alcançar o resultado desejado.

Existem diferentes tipos de clareamento dental, disponíveis no mercado, desde produtos de uso caseiro como o v34 color corrector clareador dental, até tratamentos profissionais realizados em consultório. Cada um desses tipos apresenta suas próprias vantagens e desvantagens, e é importante que o paciente escolha o mais adequado para suas necessidades individuais. Além disso, é fundamental que o clareamento seja feito de forma segura e sob a supervisão de um profissional qualificado.

Neste artigo, serão abordados os diferentes tipos de clareamento dental disponíveis, as especificações de cada um deles e como escolher o melhor para alcançar um sorriso mais branco e saudável, mantendo a cor natural dos dentes.

Tipos de Clareamento Dental

Existem diferentes tipos de clareamento dental disponíveis para quem deseja ter um sorriso mais brilhante. Cada técnica tem suas especificidades e é importante entender as diferenças entre elas antes de escolher a melhor opção. Nesta seção, serão apresentados os principais tipos de clareamento dental.

Clareamento Dental Caseiro

O clareamento dental caseiro é uma técnica em que o paciente utiliza um gel clareador em casa, sob orientação do dentista. O gel é aplicado em uma moldeira personalizada, que deve ser usada por algumas horas diárias durante um período determinado pelo dentista. Essa técnica é mais econômica e pode ser feita em casa, mas é importante seguir as orientações do profissional para evitar danos aos dentes.

Clareamento Dental a Laser

O clareamento dental a laser é realizado no consultório odontológico e utiliza um laser para ativar o gel clareador nos dentes. Essa técnica é mais rápida e eficaz do que o clareamento caseiro, mas pode ser mais cara. Além disso, pode causar sensibilidade nos dentes, por isso é importante escolher um profissional experiente para realizar o procedimento.

Clareamento Dental a LED

O clareamento dental a LED é uma técnica semelhante ao clareamento a laser, mas utiliza uma luz de LED para ativar o gel clareador. Essa técnica é mais suave e pode ser menos desconfortável do que o clareamento a laser. No entanto, pode ser menos eficaz em casos de manchas mais profundas.

Clareamento Dental Convencional

O clareamento dental convencional é realizado no consultório odontológico e utiliza um gel clareador que é ativado por uma fonte de calor. Essa técnica é mais antiga e pode ser menos eficaz do que as técnicas mais modernas, como o clareamento a laser. Além disso, pode causar sensibilidade nos dentes.

Clareamento Interno

O clareamento interno é uma técnica utilizada para clarear dentes que foram escurecidos por tratamentos de canal. Nesse procedimento, o dentista aplica um gel clareador diretamente na parte interna do dente e o sela com um material restaurador. Essa técnica pode ser mais demorada e pode exigir mais de uma sessão para obter resultados satisfatórios.

Em resumo, existem diferentes tipos de clareamento dental disponíveis, cada um com suas vantagens e desvantagens. É importante escolher um profissional experiente e seguir as orientações do dentista para evitar danos aos dentes e obter os melhores resultados possíveis.

Processo do Clareamento Dental

O clareamento dental é um procedimento estético popular que pode ajudar a melhorar a aparência dos dentes. O processo envolve a aplicação de um gel clareador à superfície dos dentes e a exposição a uma fonte de luz para ativar o gel. Aqui estão algumas informações sobre como funciona o processo de clareamento dental.

Uso do Gel Clareador

O gel clareador é geralmente feito de peróxido de hidrogênio ou carbamida. O peróxido de hidrogênio é mais forte e pode produzir resultados mais rápidos, mas também pode causar mais sensibilidade nos dentes. A carbamida é menos forte e pode levar mais tempo para produzir resultados, mas é geralmente mais segura para os dentes.

O gel é aplicado à superfície dos dentes usando moldeiras flexíveis personalizadas. Essas moldeiras são feitas a partir de moldes dos dentes do paciente e são projetadas para se ajustar perfeitamente à sua boca. Isso ajuda a garantir que o gel seja distribuído uniformemente em todos os dentes.

Sessões Necessárias

O número de sessões necessárias para o clareamento dental pode variar dependendo do tipo de gel usado e da gravidade do amarelamento dos dentes. Normalmente, são necessárias de uma a três sessões para obter resultados satisfatórios. Cada sessão dura cerca de uma hora.

Durante a sessão, o paciente fica sentado em uma cadeira odontológica e o gel clareador é aplicado aos dentes. Em seguida, uma fonte de luz é usada para ativar o gel e acelerar o processo de clareamento. Depois de cerca de 20 minutos, o gel é removido e reaplicado. Esse processo é repetido várias vezes até que os resultados desejados sejam alcançados.

Em resumo, o clareamento dental é um processo relativamente simples que envolve a aplicação de um gel clareador aos dentes usando moldeiras personalizadas e a exposição a uma fonte de luz. O número de sessões necessárias pode variar dependendo da gravidade do amarelamento dos dentes e do tipo de gel usado. É importante lembrar que o clareamento dental não é adequado para todos e que pode haver alguns efeitos colaterais, como sensibilidade nos dentes.

Fatores que Afetam a Coloração dos Dentes

Os dentes podem perder a sua coloração natural por diversos motivos. Alguns fatores são genéticos, enquanto outros são relacionados com hábitos alimentares e estilo de vida. Nesta seção, serão abordados os principais fatores que afetam a coloração dos dentes.

Genética e Fatores Congênitos

A genética é um fator importante na determinação da cor dos dentes, pois a tonalidade natural dos dentes pode variar de pessoa para pessoa. Além disso, alguns fatores congênitos, como a exposição a determinados medicamentos durante a gestação ou a amamentação, podem afetar a coloração dos dentes.

Higiene Bucal e Consumo de Cigarro

Uma boa higiene bucal é fundamental para manter a coloração natural dos dentes. A falta de escovação e uso do fio dental pode levar ao acúmulo de placa bacteriana, que pode causar manchas nos dentes. Além disso, o consumo de cigarro é um dos principais fatores que causam o escurecimento dos dentes.

Manchas nos Dentes

As manchas nos dentes podem ser causadas por diversos fatores, como o consumo de café, chá, vinho tinto e refrigerantes, que contêm corantes que podem se acumular nos dentes. Além disso, o uso de antibióticos, como a tetraciclina, durante a infância pode causar manchas nos dentes permanentes. Problemas de formação do esmalte também podem levar ao escurecimento dos dentes.

Em resumo, muitos fatores podem afetar a coloração dos dentes. Alguns são genéticos, enquanto outros são relacionados com hábitos alimentares e estilo de vida. Para manter a cor natural dos dentes, é importante adotar uma boa higiene bucal e evitar o consumo de cigarro e alimentos que possam causar manchas nos dentes.

Cuidados e Contraindicações

O clareamento dental é um procedimento estético que pode trazer muitos benefícios para o sorriso das pessoas, mas é importante estar ciente dos cuidados e contraindicações antes de realizar o tratamento.

Sensibilidade dos Dentes

Um dos principais efeitos colaterais do clareamento dental é a sensibilidade dos dentes. Isso ocorre porque o processo de clareamento pode remover a camada protetora dos dentes, expondo a dentina, que é mais sensível. Para minimizar esse efeito, é importante que o paciente use um gel clareador com uma concentração adequada e siga as orientações do dentista. Além disso, é recomendado que o paciente evite alimentos e bebidas muito quentes ou frios após o tratamento.

Problemas na Gengiva

O clareamento dental também pode causar problemas na gengiva, como retração gengival e irritação pulpar inflamatória. A retração gengival ocorre quando a gengiva se retrai, expondo a raiz do dente, o que pode causar sensibilidade e até mesmo infecções. Já a irritação pulpar inflamatória ocorre quando o gel clareador entra em contato com a polpa do dente, causando dor e inflamação. Para evitar esses problemas, é importante que o paciente escolha um dentista qualificado e siga as orientações de cuidados pós-tratamento.

Contraindicações

O clareamento dental não é recomendado para todas as pessoas, especialmente aquelas que têm problemas de saúde bucal, como cáries ou doenças periodontais. Além disso, o clareamento dental não é recomendado para mulheres grávidas ou lactantes, crianças menores de 16 anos e pessoas com alergia ao nitrato de potássio ou outros ingredientes encontrados nos géis clareadores. É importante que o paciente converse com o dentista sobre suas condições de saúde antes de realizar o tratamento.

Preço e Considerações Finais

Ao escolher o tipo de clareamento dental, o preço é um fator importante a se considerar. O valor pode variar dependendo do consultório odontológico, do profissional e do tipo de tratamento escolhido.

O clareamento dental em consultório costuma ser mais caro do que o realizado em casa. O preço pode variar de R$800 a R$3.000, dependendo da localização do profissional e da relação paciente-dentista. Já o clareamento caseiro com moldeira pode ficar entre R$250 e R$300, mas é necessário o uso da moldeira por algumas horas do dia ou à noite, durante cerca de duas semanas.

É importante lembrar que o preço não deve ser o único fator a ser considerado ao escolher o tipo de clareamento dental. É fundamental procurar um profissional qualificado e experiente, que possa avaliar as condições de saúde bucal do paciente e indicar o tratamento mais adequado.

Além disso, é importante seguir as recomendações do dentista durante o tratamento e manter uma boa higiene bucal para garantir que o clareamento tenha resultados satisfatórios e duradouros.

Em resumo, o preço é um fator importante a ser considerado ao escolher o tipo de clareamento dental, mas não deve ser o único. É fundamental procurar um profissional qualificado e seguir suas recomendações durante o tratamento para garantir resultados satisfatórios e duradouros.

Não perca tempo procurando as melhores informações. Assine a nossa newsletter e tenha tudo reunido em um só lugar!
Você merece estar por dentro de tudo o que acontece! Inscreva-se agora e receba as últimas notícias, atualizações e ofertas especiais em primeira mão, diretamente em sua caixa de entrada
Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, assine agora.

Comentários
Carregando...

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar consulte Mais informação